Ilha da Boavista - Cabo Verde

Destino de férias de praia
Fotos de: Ilha da Boavista - Cabo Verde
Mapa de localização
Aeroportos
Hotéis e outros Alojamentos
Onde Comer
World Nomads
O Seguro de viagem com as maiores coberturas

Outros destinos turísticos em:
Cabo Verde
Cabo Verde
Ilha de Santiago, Cabo Verde
Ilha de Santo Antão
Ilha de São Vicente, Cabo Verde
Ilha do Fogo
Ilha do Maio
Ilha do Sal, Cabo Verde

Ilha da Boavista
Sendo a ilha do arquipélago mais próxima do continente africano tem o clima e a paisagem marcadamente influenciados pelos ventos secos e quentes do Sahara.
Com uma superfície de 622 Km2, a terceira maior ilha de Cabo Verde apresenta um relevo extremamente plano de rochas sedimentares com afloramentos eruptivos em determinadas zonas.
Ilha das dunas e da morna, paradisíaca e tropical, de beleza singular, onde reinam os extensos areais que beijam o mar azul-esverdeado das águas tépidas, durante todo o ano, é na essência, uma ilha de gente calorosa que sabe receber quem pretende viver ali uma temporada de descoberta e descanso.
O ponto mais elevado é o Pico d’Estância com 390 metros. Ao norte e a oeste da ilha a paisagem é algo surpreendente pelas extensas dunas de areia que juntamente com diversos oásis de tamareiras e coqueiros formando um cenário de deserto como é exemplo o Deserto de Viana.
Um pequeno cemitério judeu, junto a um novíssimo Hotel na praia de Cruz, é uma preciosa relíquia, testemunho da comunidade judaica que por aqui se radicou. No Rabil, a povoação mais próxima do aeroporto e antiga sede do concelho, pode ser admirada a velha Igreja Matriz de S. Roque, a primeira da ilha, construída em 1801. Como curiosidade sublinhe-se que Rabil é também o nome pelo qual é conhecida nesta ilha a "fragata", ave marinha caraterística do arquipélago e em risco de extinção. Também motivo de visita neste local é a fábrica-escola de cerâmica onde se pretende preservar as conhecidas peças de cunho local, cuja feitura utiliza métodos de raiz marcadamente africana. Entre esta povoação e Estância de Baixo encontra-se um vale rico em vegetação onde predominam os coqueiros e as tamareiras. A paisagem desta zona deve-se à existência de uma vasta bacia hidrográfica, considerada como uma das maiores de Cabo Verde, mesmo que a água não corra senão em curtos períodos da época das chuvas; paredes meias com esta demonstração de fertilidade surge, surpreendente, o Deserto de Viana, qual pequeno Sahara como que lembrando as origens continentais do clima seco e árido que carateriza o arquipélago. Porém, as povoações mais pitorescas são as localidades agrícolas do norte, João Galego, Fundo de Figueiras e Cabeça de Tarafes até à Praia de Ervatão, área protegida por aí desovarem, na Primavera/Verão, as tartarugas vermelhas.
Turismo
Lindas e extensas praias fazem desta ilha, ainda por descobrir, o local ideal para os amantes do "sol e mar", do mergulho em profundidade e pesca.
O contorno da Boavista está desenhado por um ambiente semi-desértico perfeito, de extensas e solitárias praias de areia branca, rematadas por um mar de cristalino azul-turquesa que resultam em fantásticas praias que se estendem por 50 km ao redor da ilha.
Partindo da principal localidade, Salrei, encontram-se as mais pequenas praias de Estoril e Cascais. Para sul estendem-se então as imensos areais que definem o futuro desta ilha. As praias de Chaves, onde ainda resistem as ruínas da antiga Fábrica de Cerâmica, de Varandinha, de Curralinho e de Santa Mónica serão no futuro zonas balneares de projeção internacional.
Nesta travessia surgem, aqui e ali, largas extensões de exuberante vegetação, plenas de coqueiros, milho e pastagens, não fosse esta ilha detentora da maior bacia hidrográfica subterrânea de todo o arquipélago.
O seu novo aeroporto internacional, a via rodoviária estruturante Rabil-Lacacão, e o porto marítimo, fazem da Boavista uma das ilhas com maior potencial para o desenvolvimento do Turismo de Mar pois oferece excelentes condições para a prática de desportos náuticos, como o “windsurf”, mergulho, pesca submarina, podendo encontrar-se grande variedade de peixes, e pesca de altura. As possibilidades de hospedagem, outrora escassas e compensadas pela hospitalidade dos boavisteiros, tenderão a aumentar rapida e consideravelmente pela construção de unidades hoteleiras e aldeamentos turísticos.
Numa outra direcção, para o interior, atravessando o Vale do Norte, a paisagem interior é desértica. Existem pequenos povoados onde os seus habitantes, numa constante luta contra a escassez de água, teimam em manter a atividade que foi a primeira da ilha: a criação de gado. Na época das chuvas fabrica-se o conhecido queijo de cabra da Boavista. Num percurso de 2 horas atravessando as localidades de João Galego, Fundo das Figueiras e Cabeça dos Tarafes, atinge-se a praia do Ervatão, área protegida por aí desovarem, na Primavera/Verão, tartarugas vermelhas.
A Boavista deve ser considerada não apenas pelas suas maravilhas balneares mas também pelos seus ilhéus e zonas de grande variedade e valor paisagístico, faunístico e botânico, aspetos interessantes para uma diversidade de apreciadores.
Em passeio pela ilha, na vila de Sal Rei, deparam-se-nos evidentes sinais de um passado rico onde a arquitetura europeia se impôs. Os vestígios das salinas do séc. XVII, fonte principal da economia da época, traduzem também o período áureo que a ilha atingiu no passado. Defronte à vila, podemos admirar as ruínas do antigo forte Duque de Bragança que descansa sobre um pequeno ilhéu, banhado por águas ricas em fauna marinha e vistas subaquáticas muito apreciadas pelos mergulhadores.
Gastronomia
A gastronomia desta ilha está intimamente ligada às atividades principais da população - a pesca, facto que se traduz nos maravilhosos pratos típicos à base de peixe e marisco frescos, e a criação de gado (cabras) que dão origem ao conhecido queijo tradicionalmente acompanhado com doce de papaias. Em conjunto revelam-se um grande manjar.
A especialidade gastronómica local é a “Botchada”.
Clima
Tropical seco, com temperaturas a rondar os 25ºC durante a maior parte do ano.

Outros destinos turísticos mundiais

Portugal
Portugal
Santorini
Grécia
Hong Kong
Hong Kong
San Andrés
Colômbia

Destinos de cidade e escapadelas de fim de semana

Castelo de Vide
Portugal
Évora
Portugal
Santa Marta, Colômbia
Colômbia
Goiânia
Brasil
Porquê reservar com CLUBE TRAVEL
Os melhores preços
As nossas parcerias com os maiores operadores mundiais, oferecem uma pesquisa dos melhores preços de mercado.
Mais opções
No Rotas Turísticas pode reservar o hotel, comprar a passagem aérea, reservar o transfer do aeroporto para o hotel e vice-versa, reservar as excursões locais, alugar o carro, fazer o seguro de viagem e consultar os locais a visitar e onde ir
Dicas & Destinos de férias
Centenas de destinos de férias com todas as opções que lhe permitem facilmente escolher o destino que melhor combina com as suas férias de sonho.


Siga-nos nas redes sociais