Site Map
  Home Home             Contactos Contactos
Clube Travel Portugal
www.clubetravel.com.pt
O que visitar
Paderne
Castelo de Almoáda - Paderne
Hotéis próximos a Castelo de Almoáda - Paderne
Adicionar foto Participe. Partilhe as suas fotos de Castelo de Almoáda - Paderne

Castelo de Almoáda - Paderne
Monumentos e estátuas
Paderne Algarve Portugal

Antecedentes

O castelo foi erguido em taipa pelos Almoádas entre o século XI e o século XII, durante a última fase da ocupação muçulmana da península, controlando a antiga estrada romana que cruzava a ribeira de Quarteira por uma ponte a Sudeste. Neste período, o progresso da Reconquista cristã levava à edificação de uma linha defensiva integrada por fortificações de porte médio e de caráter rural na região, das quais esta é um dos melhores exemplos.

O castelo medieval

A referência mais antiga sobre o castelo remonta a 1189, quando foi conquistado em um encarniçado assalto noturno pelas forças de D. Sancho I (1185-1211), com o auxílio de uma esquadra de cruzados ingleses. Esse domínio, entretanto, foi efêmero, uma vez que, já em 1191, foi recuperada pelas forças Almóadas sob o comando do califa Abu Yusuf Ya´qub al-Mansur.

A sua posse definiva para a Coroa portuguesa só viria sob o reinado de D. Afonso III (1248-1279) com a conquista pelo Mestre da Ordem de Santiago, D. Paio Peres Correia, em 1248, iniciando-se o repovoamento da região.

Sob o reinado de D. Dinis (1279-1325), os domínios da vila e seu castelo, bem como o padroado da sua igreja, foram doados pelo soberano à Ordem de Avis, na pessoa de seu Mestre, D. Lourenço Anes. Não se registram, entretanto, no período, obras de recuperação no castelo, à semelhança do que ocorreu com o Castelo de Alvor (1300), as muralhas de Tavira (1303) ou as de Castro Marim (1303), mas tão somente algumas construções no seu interior, como a edificação da primitiva capela, atualmente em ruínas.

Do século XV aos nossos dias

No século seguinte, instaurando-se o ciclo dos Descobrimentos portugueses, as preocupações estratégicas e econômicas concentram-se nas costas do reino, perdendo Paderne a sua importância e a sua função defensiva. Abandonado a partir do século XVI, quando a povoação se transferiu para o atual sítio, caiu progressivamente em ruínas nos séculos seguintes. O processo foi agravado com os estragos causados pelo terramoto de 1755 à estrutura, em particular à sua torre de menagem, como registrado pelas Memórias Paroquiais, em 1758.

As ruínas do castelo, constituídas por alguns troços de muralhas, a torre albarrã e as paredes da capela em seu interior, no qual se abria uma cisterna, entulhada, foram classificadas como Imóvel de Interesse Público por Decreto publicado em 22 de Novembro de 1971.

O imóvel foi adquirido pelo Ministério da Cultura, através do IPPAR, em Setembro de 1997.

O castelo apresenta planta no formato quadrangular irregular, orgânica, ocupando uma área de cerca de 1.000 m². Além das caracteristicas típicas da arquitectura militar Almoáda, como os muros em taipa, a torre albarrã de planta quadrada, que se eleva a cerca de dez metros de altura a Leste, e a porta em cotovelo no ângulo oposto à torre, os seus remanescentes evidenciam influências do estilo gótico e manuelino, como a barbacã que defendia essa porta.




O Castelo de Almoáda - Paderne, no Algarve, localiza-se na cidade e freguesia de Paderne, Concelho de Albufeira, Distrito de Faro, em Portugal.

Ergue-se em posição dominante sobre a ribeira de Quarteira, cerca de dois quilômetros ao Sul da cidade. Um dos sete castelos representados na bandeira de Portugal, as suas ruínas, de cor avermelhada, constituem um dos exemplares mais significativos da arquitectura militar muçulmana na península Ibérica, destacando-se na paisagem como um aviso de chegada ao Algarve para quem entra na Via do Infante, vindo da A2.

Classificado como Imóvel de Interesse Público, é propriedade do IPPAR e o que resta do castelo, constituído por parte das muralhas e das paredes de uma capela, tem sido alvo obras de recuperação.



Avaliações para esta atração
Jose Antonio
2014-04-30 O local é muito agradavel, não deixem de visitar o açude e se possível a ponte
Portugal
 
Opinião geral:
Entrada paga Esteve neste local em: 2/2014
Tempo recomendado para visita 3 horas
Rotas Turisticas
2014-04-26 A região é muito natural e convém fazer um passeio a pé no cerro à volta do Castelo desde o açude até à ponte.
Portugal
 
Opinião geral:
Entrada livre Esteve neste local em: 3/2014
Tempo recomendado para visita 3 horas
Se pretende visitar Castelo de Almoáda - Paderne e está procurando um hotel próximo para se hospedar, sugerimos as seguintes opções para o seu alojamento - Hotéis próximos a Castelo de Almoáda - Paderne num raio de 30 Km Clique aqui

 
Castelo de Almoáda - Paderne
Paderne,Algarve,Portugal

  Comentar & avaliar

Data: 2014-04-26
Lat: 37.157135113401786
Lon: -8.200130885566708
Como chegar
Foto por: Antonio Martins / Andrea Lopes
Consultado: 4346 vezes
Pontuação: 12 Pontos
 
 

 
 
HOME | Quem somos | Politica de privacidade | Publicidade | Contactos | Mapa do Site